Assumindo que o sistema escolar público não esmagou sua alma, aprender é uma ótima atividade. Isso expande seu ponto de vista. Dá-lhe novos conhecimentos que você pode usar para melhorar sua vida. Mesmo que você desconsidere os benefícios mundanos, o ato de aprender pode ser uma fonte de prazer.

“Eu nunca deixei meus estudos interferirem na minha educação.” – Mark Twain

Mas em um mundo movimentado, muitas vezes pode ser difícil se adaptar a tempo de aprender qualquer coisa que não seja essencial. As únicas coisas aprendidas são aquelas que precisam ser. Tudo além disso é considerado frívolo. Mesmo aqueles que apreciam a prática da aprendizagem ao longo da vida, podem achar difícil fazer o esforço.

Aqui estão algumas dicas para instalar o hábito da aprendizagem ao longo da vida:

1. Sempre tenha um livro

Não importa se você leva um ano ou uma semana para ler um livro. Sempre se esforce para ter um livro que você está lendo, e leve-o com você para que você possa lê-lo quando tiver tempo.

Apenas cortando alguns minutos entre as atividades do meu dia, posso ler sobre um livro por semana. Isso é pelo menos cinquenta por ano.

2. Mantenha uma lista de “para aprender”

Todos nós temos listas de tarefas. Essas são as tarefas que precisamos realizar. Tente também ter uma lista de “aprender”. Nele você pode escrever ideias para novas áreas de estudo.

Talvez você queira aprender uma nova língua, aprender uma habilidade ou ler as obras coletivas de Shakespeare. Tudo o que motiva você, escreva.

3. Obter mais amigos intelectuais

Comece a gastar mais tempo com as pessoas que pensam. Não apenas pessoas inteligentes, mas pessoas que realmente investem muito do seu tempo aprendendo novas habilidades. Seus hábitos vão passar por você.

Melhor ainda, eles provavelmente compartilharão alguns de seus conhecimentos com você.

4. Pensamento Guiado

Albert Einstein disse uma vez,

“Qualquer homem que lê muito e usa seu próprio cérebro muito pouco cai em hábitos preguiçosos de pensar.”

Simplesmente estudar a sabedoria dos outros não é suficiente, você tem que pensar em ideias por si mesmo. Passe o tempo registrando, meditando ou contemplando as idéias que você aprendeu.

5. Coloque-o em prática

O aprendizado baseado em habilidades é inútil se não for aplicado. Ler um livro sobre C ++ não é o mesmo que escrever um programa. Estudar pintura não é o mesmo que pegar uma escova.

Se o seu conhecimento puder ser aplicado, coloque-o em prática.

Nesta era da informação, estamos todos expostos a muitas informações. É importante reaprender como aprender para colocar o conhecimento em prática.

6. Ensine os outros

Você aprende o que ensina. Se você tem uma oportunidade de comunicar ideias para os outros, é mais provável que você solidifique esse aprendizado.

Comece um blog, mentore alguém ou até mesmo discuta ideias com um amigo.

7. Limpe sua entrada

Algumas formas de aprendizado são fáceis de digerir, mas muitas vezes não têm substância.

Eu faço questão de limpar regularmente meu leitor de feeds para blogs que eu assino. Grandes blogs podem ser uma poderosa fonte de novas idéias. Mas a cada poucos meses, percebo que estou coletando posts de blogs que estou simplesmente vasculhando.

A cada poucos meses, purifique sua entrada para economizar tempo e concentre-se no que conta.

8. Aprenda em grupos

Aprendizagem ao longo da vida não significa condenar-se a uma pilha de livros empoeirados. Participe de organizações que ensinam habilidades.

Oficinas e eventos de aprendizado em grupo podem fazer da educação uma experiência social divertida.

9. Desaprenda Suposições

Você não pode adicionar água a um copo cheio. Eu sempre tento manter distância de qualquer ideia. Convicções demais significam poucos caminhos para novas idéias.

Procure ativamente informações que contradigam sua visão de mundo.

Nossas mentes não são confiáveis, mas é isso que podemos fazer para ser mais sábio.

10. Encontre Empregos que Incentivam o Aprendizado

Escolha uma carreira que incentive o aprendizado contínuo. Se você está em um trabalho que não tem muita liberdade intelectual, considere mudar para um que tenha.

Não gaste quarenta horas da sua semana em um trabalho que não desafie você.

11. Iniciar um projeto

Prepare-se para fazer algo que você não sabe como. O aprendizado forçado dessa maneira pode ser divertido e desafiador.

Se você não sabe nada sobre computadores, tente criar um. Se você se considera um artista horrível, tente uma pintura.

12. Siga sua intuição

Aprendizagem ao longo da vida é como vagar pelo deserto. Você não pode ter certeza do que esperar e nem sempre há uma meta final em mente.

Deixar a sua intuição guiá-lo pode tornar a auto-educação mais agradável. A maior parte de nossas vidas foi dividida em decisões completamente lógicas, que fazer escolhas por um capricho foi anulado.

13. A manhã quinze

As pessoas produtivas sempre acordam cedo. Use os primeiros quinze minutos da sua manhã como um período para a educação.

Se você se achar muito grogue, você pode querer esperar um pouco. Só não adie mais tarde no dia em que as atividades urgentes o afastem do caminho.

14. Colher as recompensas

Aprenda informações que você pode usar. Entender os fundamentos da programação me permite lidar com projetos que outras pessoas precisariam de ajuda externa. Encontrar uma situação que faça uso de seus esforços educacionais pode ser uma fonte de orgulho.

15. Faça Aprendizagem de uma Prioridade

Poucas forças externas irão persuadi-lo a aprender. O desejo tem que vir de dentro. Depois de decidir que você quer tornar o hábito de aprender ao longo da vida um hábito, cabe a você fazer disso uma prioridade em sua vida.

Na verdade, você pode treinar seu cérebro para ansiar pela aprendizagem ao longo da vida! Veja como:

Como treinar seu cérebro para angariar aprendizado por toda a vida (e por que é bom)

Crédito da foto em destaque: Paul Schafer via unsplash.com


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *